INSTITUTO HISTÓRICO

 

INSTITUTO HISTÓRICO REDENTORISTA

 

Contatos: Serafino Fiore, president (sfiore@cssr.com)
                       Adam Owczarski, director (storia.gen@cssr.com)


Origem e história

No governo do então Superior geral, Pe. Leonard Buijs, o Instituto Histórico Redentorista foi fundado a 11 de dezembro de 1948. Seu objetivo era e ainda é promover a pesquisa histórica das origens, da evolução e das varias atividades da Congregação e dos seus membros desde 1732.

Seus primeiros membros foram: Maurice de Meulemeester (Bélgica), Presidente; Oreste Gregorio (Nápoles), Secretário e Peter Bernards (Colônia). Em 1968 foi nomeado um outro grupo para trabalhar no Instituto: Pes. Louis Vereecke, Presidente; Giuseppe Orlandi, Secretário; Oreste Gregorio, Andreas Sampers e Fabriciano Ferrero. Nos anos seguintes foram também membros do Instituto: Samuel J. Boland, Carl Hoegerl, Otto Weiss, Manuel Gómez Ríos e Noel Londoño (Presidente).

Membros

A equipe do Instituto Histórico é composta de dois tipos de membros: permanentes e associados. Todos são nomeados pelo Superior Geral, depois de ouvidos os membros em exercício do Instituto Histórico. São nomeados primeiramente por um ano, após o qual podem ser confirmados por um período maior de tempo. Os membros permanentes moram em Roma. Durante o sexênio atual os membros permanentes são: Serafino Fiore, (Conselheiro Geral, Nápoles) Presidente; Adam Owczarski (Varsóvia), Diretor; Álvaro Córdoba (Bogotá); Emilio Lage (Madrid), Giuseppe Orlandi (Roma), e Gilbert Enderle (Denver).

Peritos no campo da história, embora não sejam membros da Congregação, colaboram com seus escritos em Spicilegium Historicum C.Ss.R. e em Bibliotheca Historica.

Publicações

O Instituto Histórico publica a revista Spicilegium Historicum C.Ss.R. e a coleção Bibliotheca Historica. O primeiro número de Spicilegium Historicum apareceu em 1953. É uma revista semestral, que contém artigos, documentos, comunicações, crônicas, recensões, anúncios, dados biográficos, etc., a respeito da história da Congregação. O número de exemplares impressos a cada semestre é de 700, dos quais 420 são mandados para as Províncias e Vice-Províncias da Congregação e 140 são intercambiados com outras revistas ou Institutos de pesquisa histórica. Durante os anos 1997-2007, foram publicados os volumes 45 (1997) a 55 (2007).

A coleção Bibliotheca Historica é composta de volumes esparsos sobre temas específicos e publica documentos e fontes de particular importância para a Congregação, como também outros estudos sobre assuntos mais amplos. Os dois primeiros volumes foram publicados em 1955 e desde então já saíram 19 volumes.

Outras Atividades

Além destas publicações e da colaboração na nova História da Congregação, os membros do Instituto Histórico exercem outras atividades como dar aulas, cursos, reuniões, e o Conselho da Congregação para as Causas dos Santos.



Planos para o Futuro
  • Continuar a pesquisa sobre as origens, a evolução e as atividades da Congregação, com a publicação da revista Spicilegium Historicum e da coleção Bibliotheca Historica.

  • Continuar a publicação da Bibliografia Afonsiana e a Bibliografia dos Redentoristas, iniciada pelo Pe. M. de Meulemeester (Bibliographie générale des écrivains Rédemptoristes, 3 vols., Louvain 1933-1939).