Beatos


Beato Domingos Metódio Trčka

(Visite o site Beato Trčka)

No dia 24 de abril de 2001, na presença do Santo Padre, foi promulgado o Decreto de Martírio de cinco Redentoristas, sendo quatro ucranianos e um tcheco.

O tcheco, Beato Domingos Metódio Tr
čka, nasceu no dia 6 de julho de 1886 em Frydlant nad Ostravici, Morávia, hoje parte da República Tcheca. Em 1902 ele entrou para os Redentoristas e começou o noviciado em 1903.

Fez sua profissão religiosa no dia 25 de agosto de 1904. Após completar seus estudos, foi ordenado sacerdote em Praga no dia 17 de julho de 1910.

Nos primeiros anos de sacerdócio, trabalhou nas missões paroquiais. Em 1919 foi enviado para trabalhar com os católicos gregos, na região de Halic, na Galícia e posteriormente para Eparchy de Presov, na Eslováquia, onde desenvolveu uma atividade missionária muito intensa. Em março de 1935 foi apontado pela Congregação das Igrejas Orientais para ser Visitador Apostólico aos Monges basilianos em Presov e em Uzhorod. Quando a Vice-Província de Michalovce foi fundada, o Pe. Tr
čka foi apontado primeiro Vice-Provincial no dia 23 de março de 1946. Começou a trabalhar zelosamente para fundar novas casas e formar novos jovens redentoristas.

Na noite do dia 13 de abril de 1950, o governo checo suprimiu todas as comunidades religiosas. Após um julgamento sumário, Pe. Tr
čka foi condenado a 12 anos de prisão, durante os quais foi submetido a longos interrogatórios e a torturas. Em 1958 foi transferido para a prisão de Leopoldov. Nesse meio tempo, passou a sofrer de pneumonia, contraída no confinamento solitário, imposto a ele por ter cantado na prisão um hino de Natal. Morreu no dia 23 de março de 1959.

Foi enterrado no cemitério da prisão, mas após a liberação da Igreja Católica Grega, seus restos mortais foram trasladados para o túmulo redentorista no cemitério de Michalovce, no dia 17 de outubro de 1969.

O Papa João Paulo II proclamou Beato Domingos Metódio no dia 4 de novembro de 2001.